O Vinyl Lab é um conjunto de serviços de gravação de discos ou “Lathe Cut” ( corte com tornos ) oferecidos por Arthur Joly e Bruno NGS.
Atualmente oferecemos gravação ou corte de vinil em 3 tipos de materiais com diversas possibilidades. O PC (Policarbonato) o PVC ou vinil (PolivinilCarbonato) e o clássico Acetato (Chapa de metal com uma camada de laca).
Todos os 3 tipos de serviços são manuais e feitos um a um em tempo real.
Esse tipo de gravação Lathe Cut ou Corte com Tornos, não são um substituto direto ao vinil prensado numa fabrica.
Por exemplo, se sua gravação tem 6 minutos, 6 minutos será o tempo de gravação de cada unidade somado a extensa preparação e detalhes para oferecer os melhores resultados. Todo esse tempo de trabalho, somado a manutenção e os conhecimentos adquiridos para produzir esse tipo de gravação, aliado a vários fornecedores e até mesmo impostos de importação, tornam os Lathe Cuts mais caros proporcionalmente do que os discos prensados.
Os benefícios são principalmente: a quantidade mínima (a partir de 1 unidade vs 300 ou mais), o tempo de fabricação (geralmente de 30-45 dias ou menos vs 3 ou 4 meses) e a flexibilidade do formato e das opções temos disponíveis.

Conheça nossos serviços

Lathe Cut Lo-Fi – > São gravações MONO, feitas no material PC Policarbonato. É uma técnica antiga. Usamos máquinas restauradas dos anos 40,50 e 60 e a agulha de gravação é feita de metal duro, como antigamente. A agulha é pressionada sobre o disco e a gravação é como “uma faca quente na manteiga” conhecida como “embossing”. O material PC nos permite criar discos artísticos com uma diversidade grande de tamanhos, formatos e possibilidades de uso, ate discos híbridos com CD, Pendrive…
Por ter um sulco mais raso, pode ser que os discos Lo-Fi não seja reproduzido em todos os lugares. Aconselhamos reproduzir em toca discos com regulagem de contra-peso do braço no máximo e o anti-skating (forca centrifuga) regulado para 0 ou para dentro. Se seu toca discos comum não tiver nada disso basta usar uma moedinha em cima da cabeça onde vai a agulha.
Uma outra vantagem é o preço e o numero de tiragem. Os Lo-Fi custam de 20 a 50 reais a unidade e tem tiragem mínima a partir de uma, 10 ou 20 unidades, depende do modelo.
A sede do Vinyl Lab fica na Casa Brasilis e o serviço é feito por Bruno NGS.

Corte em Acetato ou Reference ->

São os Dubplates tradicionais, feitos com discos importados de referencia para gravação Master. São os mesmo discos que viram moldes e vão para a fábrica, só que, após gravado é usado como um disco comum.

A gravação e reprodução é de altíssima qualidade. O material requer um manuseio e armazenagem delicado e após algumas dezenas de reproduções começa a perder um pouco a qualidade nas frequências meio/altas exatamente pelo desgaste do material. Não recomendado para “Scratch”. Corte feito no Estúdio Reco Master por Arthur Joly

Corte de Master para Fábrica ->

Gravação Stereo em alta fidelidade feita em disco Master de Acetato 14” para masterização e posterior molde e uso em fábrica de vinil. São dois discos, um para cada lado. Serviço exclusivo feito por Arthur Joly no Reco Master, consulte.

Lathe Cut Hi-Fi ->

São cortes em discos com material quase idênticos aos discos de vinil prensados. É uma técnica mais recente, começou a ser desenvolvida no inicio dos anos 2000 e hoje podemos gravar com qualidade e aparência de 99% de um disco convencional.
A matéria prima para gravação ( tanto o disco virgem quanto a agulha ) são importados e devido ao tipo de material, a agulha para esse caso é de diamante.
São gravações duráveis. Pode manusear e estocar exatamente como um disco de vinil comum e também pode ser usado para performances ou scratch.
Serviço Temporariamente Indisponível